Pular para o conteúdo principal

Postagens

Simples Nacional 2018: confira as novas tabelas e limites

Simples Nacional 2018: confira as novas tabelas e limites03.07.2017
O regime tributário Simples Nacional 2018 vai recebergrandes mudanças em 2018,com a entrada de novas atividades, novos limites de faturamento e redutor da receita, além de alterações nas alíquotas. Por isso, é muito comum surgirem dúvidas sobre as novas tabelas e limites que entrarão em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018. Para enquadrar a sua empresa no Simples Nacional, é preciso ter conhecimento dos novos tetos de faturamento, entender os percentuais de impostos e fazer os cálculos. Vamos lá? Limites do Simples Nacional 2018 O limite máximo de receita bruta anual para pequenas empresas optantes pelo regime de tributação Simples Nacional vai subir de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões. O valor equivale a uma média mensal de R$ 400 mil de receita. Microempresas poderão faturar até R$ 360 mil ao ano e as Empresas de Pequeno Porte, R$ 4,8 milhões ao ano. Os Microempreendedores Individuais (MEI) terão também um nov…
Postagens recentes

A caverna, o sábio e o aventureiro

Há anos atrás, Roberto, um homem de aspecto jovem e espírito aventureiro decidiu viajar para uma caverna em uma região remota do Peru, em busca de algumas pedras preciosas que tornaram o local famoso.
Ele verificou a sua conta bancária, comprou sua passagem de avião e agendou o seu voo. 
Durante os dias que antecederam a partida, Roberto realizou todos os preparativos para a sua viagem. Ele pesquisou sobre a topografia do local onde ia visitar, descobriu sobre o clima e outros aspectos que julgou interessantes.
Roberto levou algumas malas e se viu pronto para a sua aventura. Seu avião não atrasou e tudo parecia 100% certo.
Chegando lá, ele descobriu que havia um pequeno vilarejo próximo da região da caverna. Ao passar pelo vilarejo, Roberto visualizou um homem descendo a montanha com baldes d’água nos ombros. Ignorou a cena e se dispôs a montar sua barraca próximo do local que exploraria no dia seguinte.
O homem que Roberto vira se chamava Hernandéz, um antigo morador local que, por conhec…

Entenda qual a diferença entre lucratividade e rentabilidade

Lucratividade e rentabilidade são duas grandezas que se relacionam no contexto de empresas movidas pelo lucro. Parecem até a mesma coisa, mas do ponto de vista da gestão são conceitos completamente distintos.

Não são raros os casos em que os gestores enfrentam dificuldades em identificar gargalos de produção justamente por não diferenciarem uma coisa da outra.

Conforme veremos a seguir, não é nada difícil separar essas métricas. Uma vez que se saiba o que elas representam, será mais fácil orientar decisões visando às melhorias operacionais. Acompanhe o artigo até o final — ao término da leitura, você estará preparado para direcionar melhor o seu negócio.

IMPORTÂNCIA DE DIFERENCIAR LUCRATIVIDADE E RENTABILIDADE

Definir claramente o que é custo e despesa é importante para garantir Balanço Patrimonial positivo. Da mesma forma, estabelecer claramente as diferenças entre o que é rentável e o que é lucrativo é essencial.

Geralmente, os conceitos são confundidos porque ambos consideram, no c…

Como funciona o acordo de rescisão na nova regra trabalhista?

Written by Giulia Pedroni A partir de hoje a nova regra trabalhista começa a valer. E o acordo de rescisão é uma pergunta muito comum entre os empregadores, afinal como vai funcionar daqui para a frente?
Antes o acordo era informal, fito entre trabalhador e empregador, quando essa relação não atendia mais o interesse de uma ou das duas partes. Em muitos casos, empregado e empregador entravam em acordo para que a multa rescisória fosse devolvida a empresa, enquanto o demitido não precisaria cumprir aviso prévio e teria acesso ao FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).
Com a reforma as partes em comum podem fazer um acordo, em que o aviso prévio fica pela metade e o empregado cumpre 15 dias. A multa rescisória também cai pela metade – em vez de 40%, agora é 20%.
O empregado que fizer o acordo sacará 80% do Fundo de Garantia, e os outros 20% ficarão retidos. Além disso, como pediu demissão, não terá direito ao Seguro Desemprego.

Receba todas as novas regras entrando em contato.www.…

CLT x PJ: como sua empresa empresa deve contratar?

Written by Rodrigo Ribeiro  Um empreendimento pode demandar uma série de procedimentos. Alguns precisam ser executados continuamente, como controle de estoque, atendimento ao cliente e administração. Já outras tarefas, que tem demanda reduzida ou que não precisam ser realizadas dentro da organização, podem ser terceirizadas, como manutenção de máquinas e publicidade.No caso da contratação de terceirizados na Nova CLT de 2017,  o empreendedor pode contratar pessoas jurídicas – ou seja, uma empresa externa para realizar os serviços.Mas contratar pessoas regidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ou Pessoas Jurídicas (PJ) tem suas vantagens e desvantagens. Para ajudar você a entender melhor cada uma dessas opções, levantamos algumas questões importantes. Confira!CLT x PJ: qual a melhor escolha?Com a reforma trabalhista e as mudanças estabelecidas, empreendedores tiveram que rever as formas e a relação de trabalho estabelecidas nas organizações. Ou seja, a lógica de bater ponto d…

O papel do Contador(a) na gestão da empresa.

O papel do contador é ajudar o empresário a organizar e interpretar as informações, através de relatórios! São esses relatórios que darão ao gestor e empreendedor, o direcionamento para tomar decisões de maneira segura, com vistas a não perder dinheiro ou boas oportunidades.

São esses relatórios gerenciais que permitem que o gestor olhe para o seu negócio de maneira mais analítica a fim de evitar endividamentos desnecessários, melhorar processos, eliminar ineficiências, verificar sazonalidade de produtos ou geral e obter maiores lucros.

Um profissional da contabilidade é a pessoa mais preparada e capacitada para lhe ajudar nessa missão, pois ele possui todas as informações, todos os números e assim ele pode, junto com o empresário e ou gestores, atuar na gestão orçamentária e auxiliar em suas tomadas de decisões. Por intermédio dos relatórios gerenciais, do histórico financeiro da empresa, do mapeamento de gastos e de investimentos; e da identificação de pontos de melhoria, o profission…

Para que serve a Contabilidade?

Para que foi criado a Contabilidade? Primeiramente, de forma bem simples, para registrar os fatos de compra e de venda, mais tarde do que tinha em estoque, e através dele poder se controlar onde com o "anda" dos tempos, posteriormente, se fazer análises e estudos, principalmente da evolução do patrimônio.
Por isso que a contabilidade é tão importante. Tão importante que o Fisco se vale das informações prestadas por estes profissionais para fazer a "apuração do ganho" e cobrar os impostos e também para controlar os impostos. Isso desde antes da Época Medieval.
Ao longo dos tempos as coisas mudaram um pouco, devido a vários fatores como o tempo, por exemplo. E e um tempo não tão distante, para o comerciante, ela (a contabilidade) Sérvia somente para cumprir com as obrigações para com o Fisco, e um pouco mais recentemente, para algumas empresas,  para participar de licitações e requerer créditos, visto que estas instituições (as de grande porte e que já sabiam o val…